Call us toll free: +55 11 3813-6286
Top notch Multipurpose WordPress Theme!

Projeto na Bahia incentiva o desenvolvimento local

set
10

Projeto na Bahia incentiva o desenvolvimento local

Projeto na Bahia Instituto Meio

Mais uma grande vitória para o Povoado do Baixão, zona rural de Campo Formoso – município de 66 mil habitantes localizado na região Centro Norte da Bahia. Em junho, a horta da comunidade gerou seu primeiro excedente de produção, que foi comercializado com a unidade de Campo Formoso da InterCement – empresa de Cimento do Grupo Camargo Corrêa. Foram 60 maços de couve, 800 molhos de coentro e 200 pés de alface que serão utilizados no refeitório da fábrica.

A ação junto ao Povoado do Baixão faz parte do projeto Tempo de Empreender, realizado no município pelo Instituto Camargo Corrêa (ICC), InterCement Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e executado pelo Instituto Meio. O objetivo principal do projeto é fortalecer a Associação Agropastoril do Povoado do Baixão para a melhoria das práticas produtivas da atividade sisaleira e a diversificação da produção com a criação de uma unidade de produção de hortaliças, objetivando ampliar a renda dos moradores. A associação, localizada no Povoado do Baixão, reúne 38 das 70 famílias da comunidade.

No próximo mês, a horta vai gerar uma produção estimada em 50 quilos de beterraba, 250 quilos de pepino, 120 quilos de abóbora, 800 quilos de melancia e 250 quilos de cenoura (esta última até setembro). Os produtos serão comercializados prioritariamente no mercado local e também para compradores institucionais, como a unidade de Campo Formoso da InterCement – as hortaliças são compradas pela parceira do refeitório da empresa, a empresa Nutri Refeições. Outra ação prevista é a comercialização dos produtos para os mercados da agricultura familiar, como merenda escolar e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do Governo Federal.

No ano passado os associados fizeram um mutirão para a construção e implantação de uma unidade de produção de hortaliças. Nos próximos meses será instalada uma estufa para as mudas e realizada a primeira venda de sisal sem atravessadores. Em abril deste ano outra ação do projeto foi a inauguração de um galpão para o armazenamento de sisal e nova sede da associação. “A comunidade também tem participando de capacitações em técnicas de gerenciamento”, informa Felipe Soares, consultor de projetos do Instituto Camargo Corrêa.

Acordo de Cooperação

O Tempo de Empreender em Campo Formoso é um dos 16 projetos frutos do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Instituto Camargo Corrêa e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2011. O Acordo, que visa qualificar profissionais e estruturar atividades produtivas com populações de baixa renda, fixou um convênio de R$ 50 milhões de investimentos até 2016 – R$ 25 milhões de cada parceiro. Os projetos que recebem os recursos são definidos conjuntamente pelo BNDES e pelo Instituto Camargo Corrêa em Planos Anuais de Investimento (PAIs). As áreas prioritárias para aplicação dos recursos são a região Norte, Nordeste e os Territórios da Cidadania – áreas de maior vulnerabilidade, estabelecidas pelo Governo Federal.

fonte: http://www.institutocamargocorrea.org.br/noticias/Paginas/ProjetonaBahiaincentivaodesenvolvimentolocal.aspx

Sobre o autor:

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam