Call us toll free: +55 11 3813-6286
Top notch Multipurpose WordPress Theme!

Projeto Apiaí II

por institutomeio em Comentários: 0

Local: Apiaí, São Paulo.

Período de atuação: 2015 ao 2016.

Parceiros:  Instituto InterCement, BNDES, InterCement, Prefeitura Municipal de Apiaí.

Objetivo:

O projeto visa fortalecer a agricultura familiar na região de Apiaí, através de investimentos e ações que permitam a sustentabilidade da atividade agrícola, por meio da estruturação de uma pequena agroindústria de alimentos e formação em técnicas de processamento, conservação de produtos vegetais e gerenciamento do negócio rural.

Execução

O Projeto Semeando Futuros, executada pelo Instituto Meio e apoiada pelo Instituto Intercement e o BNDES, teve como ponto focal agregar valor aos produtos in natura através da estruturação de uma unidade de processamento de alimentos de origem vegetal, eficiente e regularizada, e fortalecer em paralelo a gestão comercial da Cooperativa. Assim, frutas, verduras e legumes in natura que não correspondem ao padrão estético dos mercados são transformados em produtos acabados com receitas diferenciadas. Esta estratégia promove a diminuição de perdas pós colheita e permite ganhar maior tempo de estocagem, com isto, maior capacidade de negociação e ganho em valor agregado ao produto original. Desta forma, o descarte de morango, pêssego, damasco, ameixa, amora, maçã é transformado em geleia e compota; tomate em molho, e; abobrinha, milho, abóbora, repolho, ervilha, vagem e brócolis em conservas, patês e papinhas. Para tal, foram adquiridos equipamentos e ferramentas próprios para o processamento e os cooperados são capacitados nas diversas áreas de produção e gestão do empreendimento, criando uma equipe organizada e estruturada capaz de enfrentar o mercado e os desafios da gestão da qualidade. Por último, a identidade visual da nova marca e ferramentas de comunicação foram elaboradas para divulgar os produtos artesanais, já a venda em comércios da região. Esta é mais uma iniciativa do Instituto Meio de apoio à agricultura familiar que, através do processamento da sua produção, amplia as fontes de renda das famílias no campo, aumenta a competitividade de seus negócios, diminui o êxodo rural de jovens e abaixa drasticamente a quantidade de alimentos descartados, que só no Brasil chega a 40 mil toneladas todos os dias, segundo a Embrapa.

 

Beneficiados:

150 famílias de agricultores associadas diretamente e mais de 50 fornecedores locais.

Proposta:

A principal atividade econômica do distrito rural do Bairro Garcias consiste na monocultura de tomate, voltada a um mercado atacadista com fortes flutuações de preço, gerando irregularidade de renda e forte dependência do produtor. Esta dinâmica supõe políticas públicas que estimulem a formulação descentralizada de projetos capazes de valorizar os atributos locais e regionais no processo de desenvolvimento, buscando novas alternativas de geração de renda. Entre elas, a que vem conquistando novos espaços é a agregação de valor de produtos agropecuários em pequenas agroindústrias. Em Apiaí algumas iniciativas individuais, ainda tímidas, tem mostrado a viabilidade de transformação de frutas e legumes em molhos, geleias e compotas. A Cooperativa, percebendo esta oportunidade, reformou, com recursos próprios, uma parte do galpão próprio, mas precisava de apoio para implementar a cozinha industrial, desenvolver produtos e embalagens e capacitações técnicas, gerenciais e comerciais.

 

Resultados:

• Capacitação de 30 cooperados nas áreas de Boas Práticas de Fabricação, processamento industrial, gestão e vendas.

• Implantação de uma linha eficiente de processamento vegetal, com capacidade instalada de 8 toneladas de alimentos processados/mês.

• Produção mensal de 2000 quilos de alimento por mês, obtendo um faturamento mensal de R$ 15 mil já no final do primeiro ano de funcionamento.

• Implementação de um modelo de gestão comercial eficiente e atuante.

Visite o site do nosso projeto Da Roça com Amor

Voltar para Desenvolvimento Social Comunitário

Voltar para Cases em Desenvolvimento Social Comunitário ou veja todos os cases do Instituto Meio

Loja de calçados

por institutomeio em Comentários: 0

Aumento de capacidade de exposição e estratégias de visual merchandising otimizam operação de loja.

Local: Biritiba Mirim - SP

Objetivo:

Readequação de layout e equipamentos para melhor aproveitamento do espaço de venda e maior eficiência de atendimento. 

Resultado:

  • Aumento da capacidade de exposição de produtos;
  • Maior eficiência de atendimento e variedade de produtos;
  • Melhor controle de estoque e operação de loja.

Voltar para Varejo

Voltar para Cases em Consultoria MPE ou veja todos os cases do Instituto Meio

Petshop

por institutomeio em Comentários: 0

Readequação do layout e técnicas de visual merchandising renovam pet shop.

Local: São Bernardo do Campo - SP

Objetivo:

Promover o aumento do faturamento e fortalecimento da marca através da construção de uma nova identidade e comunicação visual e readequação do layout de exposição e fluxo interno.

Resultado:

  • Maior tempo de permanência do cliente na loja através do novo layout;
  • Melhor operação de loja com realocação de processos e atendimento;
  • Disposição estratégica de produtos otimizando os equipamentos existentes;
  • Comunicação visual estratégica com promoção da nova marca;
  • Maior reconhecimento da marca no mercado.

 

Voltar para Varejo

Voltar para Cases em Consultoria MPE ou veja todos os cases do Instituto Meio

Loja de Roupas Plus Size

por institutomeio em Comentários: 0

Renovação da marca gera maior sofisticação e reconhecimento no mercado.

Local: São Paulo, SP

Objetivo:

Atualizar a identidade visual da marca para um mercado mais sofisticado e com maior percepção de valor, através da reformulação de logotipo, readequação de layout de exposição e renovação de vitrine e fachada.

Resultado:

  • Marca  maior percepção de valor e sofisticação perante mercado;
  • Fachada mais atraente e alinhada com o novo foco da marca;
  • Layout de loja reformulado para melhor fluxo do cliente e atendimento.

Voltar para Varejo

Voltar para Cases em Consultoria MPE ou veja todos os cases do instituto Meio